Notícias do Jornalismo profissional,Notícias de Ubatã e Sul da Bahia

ATENÇÃO

ESTE BLOGUE SERÁ SUBSTITUÍDO PELO SITE (www.folhasuldabahia.com).ESTE É O MAIS NOVO VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO DE UBATÃ E PASSARÁ A SER EXIBIDA TODAS AS INFORMAÇÕES MENSAIS DO JORNAL IMPRESSO.
ESTAMOS UM CONSTRUÇÃO!!!!

BREVE TEREMOS MUDANÇAS NESTE BLOGUE DE NOTÍCIAS!!!!



CAROS LEITORES,O BLOGUE DE DANNY MUNIZ SOFRERÁ MUDANÇAS, EM BREVE.ESTA MUDANÇA SERÁ DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA TODOS NÓS.NOSSA EQUIPE TEM ATUALIZADO POUCO ESTA PÁGINA,MAS BREVE ATUALIZAREMOS TODOS OS DIAS COM NOTÍCIAS E FATOS OCORRENTES EM NOSSA REGIÃO.ATÉ BREVE!!!!
OPS: NÃO DEIXE DE DÁ SEMPRE UMA OLHADINHA!!!

Papa Bento XVI é contra criação de perfis falsos nas redes sociais

O papa Bento XVI comunicou na última segunda-feira (24/1) ser contra a criação de perfis falsos nas redes sociais. O Pontífice participou do 45- Dia Mundial das Comunicacões Sociais, dizendo que o internauta precisa ser "fiel a si mesmo", além de aconselhar os usuários a nunca acreditar em "ilusões, como a criação de falsas identidades e "perfis", opinou o papa.


No entanto, durante este mesmo evento, Bento XVI enalteceu a usabilidade das ferramentas na rede, mostrando-se ser favorável ao "compartilhamento" e ao "diálogo, a troca, solidariedade e criação de relações positivas", respondeu. Segundo a agências de noticias Ansa, outra preocupação do Pontífice é a de que as pessoas nao "se refugiem em uma espécie de mundo paralelo, ou de ter uma excessiva esposição no mundo virtual."

De acordo com o papa, existe a necessidade das pessoas serem autênticas ao comunicar-se com o mundo no espaco virtual, ter princípios éticos. "O envolvimento sempre maior no mundo digital estabelece novas formas de relações interpessoais, influencia na percepção de si e impõe, inevitavelmente a questão não somente do modo correto de agir, mas também da autenticidade do próprio ser."

As informações são do Terra.

Aloizio Mercadante é o ministro mais popular das redes sociais




O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, é o secretário de governo do Brasil mais popular nas redes sociais, mostra estudo da MITI Inteligência, empresa especializada no monitoramento das novas mídias. O estudo foi feito entre os dias 1º e 10 de janeiro e monitorou os perfis dos novos ministros do governo Dilma Roussef no Twitter, Facebook, Fóruns e Blogs, além da repercussão nas redes sociais e nas mídias online.

Mercadante é o ministro que possui mais seguidores no Twitter: são mais de 50 mil, e o que tem mais amigos no Facebook: 4888, e o terceiro no ranking do Orkut, com 904 amigos. O ministro também é tema de 50 comunidades do Orkut, além de estar presente no Youtube, Fickr, RSS e Slide Share.

No Twitter, o segundo ministro com mais seguidores é Paulo Bernardo (Comunicações), seguido de Alexandre Padilha (Saúde), Garibaldi Alves Filho (Previdência) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento). No Orkut duas mulheres lideram: Maria do Rosário Nunes (Secretaria dos Direitos Humanos), que possui quatro perfis - dois deles já com a cota máxima de amigos - somando 3309 amigos; e Iriny Lopes (Secretaria da Mulher), com 2127 amigos.

Os ministros ainda se mostram tímidos no Facebook, mas Mercadante aparece como o mais popular, com 4888 amigos. O segundo colocado é Paulo Bernardo, com 4272 e, em terceiro lugar, o ministro Afonso Florence (Ministério do Desenvolvimento Agrário), que soma 516 amigos em sua página.

O estudo monitorou um total de 18802 interações nas redes sociais e 25315 notícias nas mídias online.

Os mais falados na mídia
A MITI Inteligência também desenvolveu, entre os dias 31/12 de 2010 e 3 de janeiro de 2011, um estudo sobre a exposição dos 37 ministros de primeiro escalão do governo Dilma Roussef. O ministro mais citado em notícias publicadas por jornais, sites, agências de notícias e blogs foi o ministro da Fazenda, Guido Mantega, com 939 notícias, o que representa 8,6 % do total de notícias encontradas. Desse total, 45% foram geradas por veículos regionais, 23% por veículos online e 15% por veículos da grande imprensa. O segundo nome mais popular na mídia é o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, com 719 notícias na mídia. Em terceiro lugar aparece o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, citado em 687 notícias.

comunique-se

Polícia irá investigar se tiros contra helicóptero da Globo foram intencionais



O delegado titular da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) do Rio de Janeiro, Pedro Medina, afirmou que irá investigar se os tiros que atingiram o Globocop, helicóptero da TV Globo, foram intencionais.

"Ainda não dá para dizer qual foi a intenção dos bandidos. Eles podem ter atirado no helicóptero para chamar a atenção da polícia, mas não se sabe ao certo", disse em entrevista ao Jornal do Brasil.

O Globocop foi atingido por três tiros na manhã de segunda-feira (24/1) enquanto se preparava para captar imagens de uma operação policial no Morro de São Carlos, zona norte do Rio. As balas atingiram o assoalho, a região central e a cauda da aeronave.

O helicóptero foi obrigado a fazer um pouso forçado, mas a repórter Karina Borges e o operador de sistemas Roberto Mello Reis saíram ilesos.

No mesmo dia, o prédio da prefeitura também foi atingido, mas o delegado negou que o coordenador da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil, Marcus Maia, não acredita que os tiros contra a administração municipal tenham sido intencionais.

As informações são do Jornal do Brasil e Terra

Social


Parabenizamos, Ivone Pinto, pela colação de grau em Administração de Empresas no último dia 22 de janeiro em Ubatã pela FESPC.

FESPC REALIZOU SÁBADO (22), COLAÇÃO DE GRAU DE BACHARÉIS EM ADMINISTRAÇÃO E LICENCIADOS EM PEDAGOGIA


Sábado (22), aconteceu a colação de grau das turmas 2009.2 referente aos cursos de Administração de Empresas e Pedagogia da Faculdade de Educação Superior do Piemonte da Chapada – FESPC,no Ginásio de Esportes de Ubatã.

Na oportunidade estiveram presentes além dos formandos, familiares e amigos, corpo acadêmico da FESPC, diretoria e coordenação acadêmica da FESPC, autoridades, professores, patronesse (Cássia Mascarenhas) e paraninfos (Jonatas Ventura (Barra do Rocha) e Edson Neves (Ubatã), sendo que o prefeito de Ubatã foi representado pela Sra. Regina Marinho, Secretaria Municipal de Administração.

Conforme programação seguida, o diretor Geziel Moreira Jordão, realizou todos os trâmites legais e conseqüentemente os meros formandos passaram a ser reconhecidos como Bacharéis em Administração e Licenciados em Pedagogia. Durante seu discurso ele relatou a felicidades e emoção do dia, revelando a todos os presentes que a FESPC agora funcionará na cidade de Ubatã.


informações Lauto Elísio

Jornais estão fora do novo marco regulatória da mídia


O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, informou que a mídia impressa não faz parte do texto do novo marco regulatório do governo. Na última semana, em entrevista ao programa "3A1", da TV Brasil, o ministro disse que o novo marco proibiria a propriedade cruzada de veículos de comunicação, mas não detalhou que tipos de veículo entrariam no projeto.

Paulo Bernardo é contra empresas que possuem rádio, jornal e televisão em uma mesma região, mas retirou o jornal do debate. "Jornal não está nessa discussão, né? O projeto não trata de mídia impressa, nem jornal, nem revista, outdoor, busdoor, tudo isso está fora."

Segundo o ministro, o conteúdo online também não será regulamentado pela nova legislação.

As informações são da Folha de S.Paulo.

Jornalista acusa Record de "roubar" imagem cedida à TV Globo

O jornalista Luciano Zimbrão acusa a TV Record de roubar uma imagem feita por ele e cedida, com exclusividade, à TV Globo. O vídeo mostra o resgate de Marcelo Pinheiro Fonseca, que ficou 16 horas sob escombros em Teresópolis, na tragédia que atingiu a região Serrana do Rio na última semana.


A imagem foi cedida à TV Globo e a TVs locais, informa a coluna de Flávio Ricco, no UOL. Somente a TV Globo teria direito à exibição nacional, no programa Fantástico. No entanto, uma produtora da Record, identificada como Monique, entrou em contato com o jornalista e disse que estava na TV Terê, que recebeu as imagens. Zimbrão falou da exclusividade à TV Globo e ofereceu outras imagens, alegando que o vídeo do resgate só seria exibido nacionalmente no Fantástico. A produtora insistiu, mas pareceu compreender o pedido do jornalista. No entanto, a imagem foi exibida no dia seguinte, no programa Domingo Espetacular, antes do Fantástico.

“Foi uma sujeira o que fizeram comigo. Me queimou até com a Rede Globo. Eu ajudei a Globo com a reportagem, foram dois dias de trabalho. Mas a Record exibiu o vídeo e, ainda, de uma forma sensacionalista”, afirmou.

O outro lado
A Record, por meio de sua assessoria de imprensa, negou que tenha cometido um ato ilegal. Segundo a emissora, o vídeo foi cedido gentilmente pela TV Terê. Mas Zimbrão contesta. “A TV Terê me ligou falando que a Record estava interessada e me colocou em contato com a produtora, mas eu falei que já havia cedido a imagem”.

O jornalista aguarda que a TV Record entre em contato para resolver a situação. Caso o fato não seja solucionado, Zimbrão pretende acionar a Justiça. Ele disse que não tem nada contra a emissora e que conhece e respeita seus profissionais, mas que o uso indevido da imagem foi um ato ilegal.

Em seu blog (http://badarts.blogspot.com), o jornalista divulgou um vídeo com a gravação da conversa entre ele e a produtora.


COMUNIQUE-SE

Google terá que indenizar mulher chamada de feia em comunidade do Orkut


O Google Brasil terá que indenizar uma usuária do Orkut em R$ 5.100 por danos morais. A internauta diz que foi atacada pela comunidade “Mais feia que (nome da usuária).? Duvido” e pediu ao Google que a página fosse excluída, mas a empresa não retirou a comunidade. A decisão é da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Segundo a usuária A.C.F, a página usava sua foto e textos muito ofensivos, como “quando Deus criou a feiura, ela passou na fila 20 vezes!!!”; “não sei como ela consegue c axar bonita, c eu fosse ela eu seria complexada, nem keria sair na rua!!!” (sic).

A.C.F tirou uma cópia da comunidade e levou o material até a Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Informático e às Fraudes Eletrônicas (Dercife) e enviou um e-mail para o Orkut, solicitando que a página fosse retirada da internet. Mesmo assim, a comunidade continou no ar.

A Google Brasil Internet Ltda. explicou que “o Orkut não exerce controle preventivo ou monitoramento sobre o conteúdo das páginas pessoais ou comunidades criadas pelos usuários e não tem responsabilidade pelos fatos alegados por A., por não ter criado a página”.

No entanto, a juíza Neide da Silva Martins, da comarca de Belo Horizonte, condenou o Google ao pagamento de R$4 mil, mas ambos recorreram da decisão. Esta semana a relatora do recurso, desembargadora Márcia de Paoli Balbino, considerou o Google culpado por não ter retirado a página do ar e determinou o aumento da indenização.

As informações são do TJ-MG.